Google+ Badge

quarta-feira, 23 de setembro de 2015

Eu penso






 Foto: SPL







Estou
estrangeiro
neste planeta

Coitado de mim
de macaco
ao fim

De Medusa
com grandes
cachos
de
sóliso marfim

ao além do
que sentem por mim

Fui na espécie errada
esta marca 
de estrada
de caminho sem
fim

estou muito atento
ao que
me lembro
de poder 
ser mais
um que
se apaga
dentro
do fogo

que morre
afogado

Este não,
sem sombra de dúvida
vai viver para sempre

e eu não viverei para sempre
serei de aluguel
uma peça no museu
de arte final
do
criador

























rrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr











quarta-feira, 2 de setembro de 2015













 




 Eu pedi
à vida
que me
desse comida

de variadas formas
e fornos
para aquecer
o alimento

Não me formei

não me fiz
doutor
como ouros

nada pude
entender

daquilo tudo
que passou

era objetivo

queria agora

e não 
me arrependo

A vida

me trouxe pão
e ilusão

trouxe vaga
lembrança
daquilo
em que espero

no lugar eterno


Não sinto

porque só eu
existo
em mim

Sózinho
nem sempre
e pior
que estar indiferente
frente
ao túmulo
que me aguarda

Sinto que fugi

e sei
que não vou
voltar
a tratar
deste assunto
deprimente
que é a 
coisa mais linda
que tenho